Por que devo migrar para o mercado livre de energia?

Mercado Livre de Energia Elétrica é um ambiente onde compradores e vendedores negociam livremente contratos de energia elétrica, é um mercado que vem crescendo exponencialmente ao longo dos anos.

De acordo com o boletim da Abraceel publicado em novembro de 2021, o mercado livre de energia possui 25.675 unidades consumidoras, isso representa um aumento de 28% nos últimos 12 meses, ou seja, migraram 5.584 novas unidades consumidoras, neste período.

Hoje, o mercado livre de energia representa 66% de toda a energia transacionada no país, e 85% de todo o consumo industrial já está no ambiente de contratação livre.

Esse crescimento é justificado devido aos inúmeros benefícios que as empresas possuem. No mercado livre de energia, a sua empresa tem redução de custos, devido a possibilidade de escolher seu fornecedor de energia, evitando a compra da energia na distribuidora. A economia neste ambiente pode chegar em até 30%, em relação ao custo atual.

Devido a vantagem competitiva e a economia que o mercado livre de energia proporciona, as empresas que tem essa possibilidade, estão entrando neste mercado.

Quando posso migrar para o Mercado Livre de Energia?

A empresa que deseja migrar para o mercado livre de energia deve comunicar a sua intenção de migrar à distribuidora de energia 6 meses antes do término do contrato.

Perdendo esse prazo, deve-se aguardar a próxima data de vencimento do contrato com a distribuidora ou realizar o pagamento da multa rescisória do contrato.

Visto isso, recomendamos que a sua empresa identifique o quanto antes a viabilidade de migração, pois cada dia fora do mercado livre de energia é um dia sem os benefícios proporcionados por ele.

Entre em contato hoje mesmo com a CPFL Soluções e inicie o estudo de viabilidade gratuito para verificar se sua empresa pode migrar para o mercado livre de energia, clique aqui.

E se sua empresa já identificou a viabilidade de migração, mas ainda tem dúvidas. Vamos te ajudar a entender tudo agora:

Esclarecendo as maiores dúvidas sobre o Mercado Livre de Energia

O mercado livre de energia, é um ambiente que possui previsibilidade, por isso, tem poucos riscos às empresas inseridas.

Um dos principais pontos de receio das empresas no momento de escolha é por ser um ambiente diferente do qual estão acostumados, onde há novos termos e expressões que no início podem deixar qualquer profissional inseguro.

Mas, como mencionado, este ambiente é totalmente seguro, e se sua empresa estiver assessorada por empresas especializadas, não há o que temer. Atuamos há mais de 15 anos com comercialização de energia no mercado livre, e nossos consultores irão acompanhar de perto todo o seu processo, garantindo a confiabilidade e transparência necessárias para realização das suas operações neste ambiente.

Veja a seguir outras 3 perguntas frequentes que recebemos dos nossos clientes no momento de migrar:

1 – Minha empresa pode ficar sem energia ao migrar para o mercado livre?

Muitos profissionais ficam preocupados quando analisam essa possibilidade, pois estão acostumados a comprar energia diretamente com a distribuidora, e acreditam que podem ficar sem energia elétrica, caso façam a migração.

Esse risco, na verdade, não existe, pois, a empresa vai continuar recebendo a mesma energia e a distribuidora continua sendo remunerada para manter a sua estrutura de fornecimento.

Ou seja, a responsabilidade pela qualidade do serviço de distribuição continua sendo da distribuidora local, independente de qual fornecedor você escolheu para comprar a energia. Com isso, sua empresa continua recebendo energia da mesma forma que recebia anteriormente à migração.

O que ocorre é que contratualmente (e contabilmente) sua empresa comprará energia de um fornecedor e, no balanço final, cada um paga e/ou recebe referente ao que consumiu e/ou gerou.

2 – Como fica a exposição à variação de preço de energia?

No mercado livre o valor de referência da energia é o PLD (Preço de Liquidação de Diferenças). Quando há oscilação no volume de chuvas, há impacto em toda cadeia produtiva de energia.

Assim, empresas que realizam contratação de energia por curtos prazos, correm maior risco de serem afetadas pelas variações de preços do mercado.

O cuidado deve ocorrer no momento da aquisição, onde é possível encontrar preços diferentes dos contratados anteriormente, que podem ser maiores ou menores.

Portanto, para evitar esse risco, é recomendável que a migração para o Ambiente de Contratação Livre (ACL) envolva uma estratégia de longo prazo e contrate uma empresa especializada para te assessorar durante todo o processo.

3 – Como posso ter certeza que realizei o melhor contrato?

Um dos passos realizados durante a migração para o mercado livre de energia é o estudo de viabilidade econômica. Essa análise é feita por uma empresa especialista, como a CPFL Soluções, que se responsabiliza por fazer a gestão de energia de seus clientes, gerenciar seus contratos de energia e garantir maior segurança e tranquilidade.

Como vimos, a falta de acompanhamento adequado no momento da migração, na compra de energia e na gestão do contrato pode trazer muitas complicações para as empresas.

Portanto, escolha um fornecedor que possui solidez no mercado. A CPFL está há mais 100 anos no setor elétrico e integra todas as soluções de energia que o seu negócio precisa. Já atendemos mais de 1.500 clientes livres, e estamos presentes em 26 escritórios e bases operacionais no Brasil.

Aqui na CPFL estudamos detalhadamente o seu negócio e a forma na qual ele consome energia para sugerir a melhor opção de economia e desempenho.

Sua empresa conta com um gestor exclusivo, que cuidará de perto dos seus contratos de energia, assim temos gestão adequada, confiabilidade, transparência, sempre priorizando a sua economia. 

Para migrar para o mercado livre e obter todos os benefícios deste mercado, CLIQUE AQUI e responda algumas perguntas rápidas.