2024, o ano do Mercado Livre de Energia

Para várias empresas, o Mercado Livre é a melhor solução para reduzir custos com energia elétrica e tornar as suas operações mais sustentáveis. De janeiro a setembro desse ano, 5.627 consumidores optaram por deixar de comprar energia das suas distribuidoras locais para terem mais competitividade para os seus negócios no Mercado Livre.

Segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), “o ritmo de adesões deste ano é o maior já registrado e cresceu 68% na comparação com o mesmo período de 2022.” O principal fator que explica esse movimento são altos reajustes tarifários em contraste com os preços baixos da energia ao longo de 2023, que permaneceram no patamar mínimo ao longo do ano.

O Mercado Livre é um ambiente comercial que permite que os consumidores fechem contratos de energia diretamente com o fornecedor, com a possibilidade de negociar preço, prazo, tipo de energia contratada e outras condições que melhor se enquadram ao perfil do seu negócio.

A partir de 2024, milhares de novos consumidores devem aderir ao Mercado Livre, beneficiados pela Portaria nº 50/22. Com essa portaria, o Ministério de Minas e Energia (MME) reduziu as exigências para entrar no Mercado Livre, possibilitando que todos os consumidores de média e alta tensão, conhecidos como Grupo A, tenham liberdade para escolher o próprio fornecedor de energia. Até este ano, apenas grandes consumidores com demanda igual ou superior acima de 500 kW tinham esse benefício.

O Grupo A tem aproximadamente 202 mil unidades consumidoras no país, sendo que 37 mil já estão no Mercado Livre. Dessa forma, há um potencial econômico de 165 mil empresas que poderão sair do Mercado Cativo a partir do próximo ano, se assim desejarem. Para migrar de acordo com as novas regras, é importante que o consumidor avalie e contrate uma comercializadora varejista com experiência no mercado para o auxiliar.
O Mercado Livre representa 37% do consumo nacional de energia elétrica do Brasil. A tendência é que essa participação aumente nos próximos anos. A expectativa é que no futuro todos os consumidores brasileiros possam ter a liberdade de escolher o próprio fornecedor de energia, assim como ocorre em diversos países.

A CPFL Soluções é uma das maiores geradoras e comercializadoras de energia renovável do Brasil, além de fazemos a gestão e o assessoramento milhares de empresas que migraram para o Mercado Livre.

Entre em contato com os nossos consultores, para conhecer mais sobre as vantagens e flexibilidade que esse mercado pode proporcionar para o seu empreendimento. Podemos te auxiliar em todo o processo de migração para o Mercado Livre com a tranquilidade e a segurança que o seu negócio precisa.

Saiba por que as empresas estão migrando para o Mercado Livre de Energia

Provavelmente se você está lendo este artigo é porque está buscando informações ou já está no mercado livre. Pois saiba que você não está sozinho nessa. Muitas empresas estão na mesma situação, não por acaso, milhares delas resolveram migrar para o mercado livre de energia após descobrirem que é possível ter uma grande economia e previsibilidade de custos.

Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), mais de 4,8 mil empresas escolheram mudar para o mercado livre entre janeiro e agosto de 2023. Em apenas oito meses, o volume registrado supera o ritmo de migrações do ano passado inteiro. A expectativa da CCEE é que 24 mil unidades consumidoras tomem essa mesma decisão em 2024.

O mercado livre é um ambiente comercial em que os consumidores e os fornecedores negociam livremente as condições de suprimento de energia elétrica. Nesse modelo, a distribuidora local continua com a função de levar a energia até o seu negócio.

Até pouco tempo, só as grandes empresas tinham acesso ao mercado livre. No entanto, esse contexto mudou e a partir de janeiro de 2024 todas as empresas conectadas na alta tensão (Grupo A) vão poder contar com esse benefício.

Quer saber como a sua empresa pode aproveitar essa excelente oportunidade? Entre em contato conosco ou faça uma simulação para saber rapidamente o potencial de economia que o mercado livre pode proporcionar para o seu negócio.

Quais são os segmentos das empresas que mais estão migrando para o mercado livre?

Saiba que mais da metade das empresas que escolheram o mercado livre neste ano estão nos ramos de comércio e serviços. Em seguida vem setores como alimentício, manufaturados diversos, saneamento, telecomunicações e muitos outros.

Na prática, empresas com uma despesa de energia acima de R$ 5 mil já podem considerar a migração para o mercado livre. Além de proporcionar uma economia substancial dos custos operacionais, o consumidor livre aumenta a sua previsibilidade orçamentária.

Outro ponto extremamente relevante no contexto atual é a possibilidade de comprar energia renovável. Ao consumir energia limpa, o seu negócio reduz as emissões de carbono dos produtos e serviços, ganhando mais competitividade na chamada economia verde e criando valor para a sua marca.

56% das indústrias querem migrar do mercado cativo para o livre, segundo o CNI

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 56% das indústrias que estão no mercado cativo têm interesse em migrar para o mercado livre de energia, a partir de 2024. E o interesse principal a migração para o mercado livre se dá diretamente com a garantia de economia com a conta de energia elétrica, já que, o estudo também aponta que a energia elétrica é a fonte usada por 78% das indústrias brasileiras.

As indústrias que estão no mercado cativo, são aquelas que ainda seguem comprando energia elétrica de uma única distribuidora, que é responsável pela entrega e cobrança da energia elétrica consumida, sem a possibilidade de escolha de fornecedor. Esse mercado é regulado e controlado, com regras de tarifação, contratação e qualidade do serviço prestado.

Já as que estão o mercado livre de energia, são aquelas indústrias que têm liberdade para escolher seu fornecedor de energia elétrica, podendo negociar livremente as condições contratuais, como preço, prazo e qualidade do serviço. Nesse mercado, os consumidores podem contratar diretamente com geradoras ou comercializadoras de energia elétrica, que são empresas especializadas nesse tipo de serviço.

Atualmente, cerca de 10,5 mil empresas industriais já estão usufruindo dos benefícios de estar no mercado livre de energia, que inclui a liberdade de escolha do fornecedor, preços mais competitivos, personalização dos contratos, controle do consumo, estímulo à eficiência energética e maior qualidade do serviço, o que permite maior autonomia e um maior poder de negociação.

Sua empresa ainda está no mercado cativo? Fale com nossos especialistas e veja como migrar para o mercado livre.

Por que migrar minha empresa para o Mercado Livre de Energia?

Hoje, mais de 7 mil empresas já desfrutam da liberdade de negociação e da economia que o Mercado Livre de Energia proporciona. Esses clientes são os maiores consumidores de energia do Brasil, representando 30% de toda a carga do setor elétrico, segundo levantamento exclusivo da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Como o próprio nome indica, as empresas que aderem a esse mercado são livres para comprar energia do fornecedor que julgarem mais interessante, levando em consideração questões como o preço praticado, a segurança no fornecimento e o tipo de fonte geradora. Essa compra pode ser feita diretamente das empresas geradoras (as usinas) ou das comercializadoras, mediante contrato negociado entre as partes.

De modo semelhante ao setor de telefonia, o Mercado Livre de Energia permite ao consumidor exercer o seu direito de portabilidade também no setor de elétrico – possibilidade que ainda é restrita a clientes com um consumo mais expressivo de energia.

Como o Mercado Livre de Energia pode ser bom para as empresas?

Ao comprar energia diretamente das geradoras ou comercializadoras, o cliente tem maior poder de negociação e, consequentemente, redução no custo da energia contratada. Em uma estimativa conservadora, o Mercado Livre de Energia pode proporcionar economia de até 30% em relação ao Mercado Regulado.

Para além da economia na hora da contratação, o Mercado Livre de Energia oferece às empresas outros pontos vantajosos:

O Mercado Livre de Energia é uma opção segura e vantajosa que oferece às empresas a liberdade de escolher o melhor fornecedor, com base em critérios que sejam interessantes ao seu negócio, promovendo eficiência e economia. Dentro desse contexto, a CPFL Soluções está apta a oferecer o Mercado Livre de Energia e todos os seus benefícios. Por meio de soluções pensadas e executadas com excelência, além de um time qualificado de especialistas, a empresa busca sempre tornar o negócio de seus clientes mais competitivo e sustentável.